quarta-feira, julho 21, 2004
0

Depois dos machos da tarde e de ir beber umas cervejas e galar gajos para a rua, o que me deixou ainda mais excitado, voltei à net para encontrar mais caralhos! E encontrei o L.M., gajo de 22 anos com bom corpo, caralho de 19cm, grosso, que aceitou vir dar-me de mamar.

Quando ele chegou, ambos reparámos que já nos conhecíamos, ele era frequentador assíduo do bar e eu lembrávamo-nos um do outro. Servi-o no bar e ia servi-lo agora em casa.

Ele deu-me aquele caralhão bom para eu mamar, o que fiz com muita vontade, e sabia tão bem, enquanto ele se pôs todo nu, mostrando um corpo de puto desportistas. Eu delirei e estive mais de 40 minutos a mamar.

No final, ele pôs-me de pé, segurou-me a cabeça pelos cabeços, para a direccionar melhor, e encheu-me a boca de esporra abundante, quente, viscosa e com um sabor fantasticamente intenso, tal como o cheiro.

Voltei a ficar todo esporrado, sem me limpar.

0 comentários:

Publicar um comentário